o Olabi atua em
inovação para a sustentabilidade
Estimular a produção e a reflexão sobre tecnologias que respeitam a natureza e a sociedade, apontando caminhos para um sistema econômico e político mais ético.
o Olabi atua em
empoderamento feminino
Transformar a cultura da produção das novas tecnologias desenvolvendo o protagonismo de meninas e mulheres. Com especial enfoque às mulheres negras e indígenas.
o Olabi atua em
problemas
urbanos
Engajar a população para resolver problemas, de forma a estimular a autonomia, melhorar a qualidade de vida e inspirar os setores público e privado.
o Olabi atua em
educação para
o século 21
Preparar cidadãos para lidar com o universo digital e as suas ferramentas tecnológicas, de maneira a questioná-las e a aumentar o seu potencial de intervenção na sociedade.
Seja bem vindo ao Olabi.
Tecnologias para a 
transformação social.
Olabi é um lugar, um conjunto de ferramentas e um sistema para democratizar a produção de tecnologia em busca de um mundo socialmente mais justo.
O Olabi é uma organização social que busca democratizar a produção de tecnologia na construção de um mundo mais diverso e justo. Nossa sede, no Rio de Janeiro, é um makerspace, ou seja, um espaço de fazer. Um ambiente em que o erro é permitido, onde as pessoas podem entrar em contato e desenvolver projetos ligados à eletrônica, robótica, permacultura, inteligência artificial, fabricação digital, artesanato, marcenaria, design, dentre outras técnicas.

Nós elaboramos metodologias e conteúdos que se espalham pelo país e pelo mundo. Em 3 anos de atuação, atendemos mais de 20 mil pessoas. Só nos últimos dois anos, estivemos em mais de 20 países, dos cinco continentes. Somos parte da rede global dos Fablabs, criada no MIT, e também do Global Innovation Gathering, baseado na Alemanha. Estamos em diálogo constante com agentes diversos da sociedade civil, do setor público, do setor privado e com o cidadão comum.

Em rede, com essas trocas globais, trabalhamos para criar projetos, programas e políticas que entendam que hoje as inovações também podem ser produzidas fora dos grandes centros de pesquisa, das grandes empresas e dos parques tecnológicos (e, inclusive, em parceria com todos eles!). Acreditamos que as inovações e as tecnologias também podem ser feitas por (e para) alguém exatamente como você!
O que já fizemos
PretaLab: Inovação e tecnologia por mulheres negras e indígenas

A PretaLab é uma iniciativa do Olabi que acredita no protagonismo das meninas e mulheres negras e indígenas nos campos da inovação e tecnologia como forma de reduzir as desigualdades sociais do país.

O projeto começou como um mapeamento para coletar histórias e dados de protagonistas nesse campo. A partir disso, foram desenvolvidas ações para tornar visíveis essas trajetórias e estimular que mais meninas e mulheres considerem esse universo como uma possibilidade.

Acreditamos que ter exemplos que inspiram e ampliam nossos repertórios e possibilidades é parte importante da nossa educação e influencia o lugar que aspiramos ocupar no mundo. Por isso, a Pretalab organiza eventos, formações, participa de encontros, debates e ajuda a outras instituições a entenderem porque é importante diversificarmos o ambiente de produção das novas tecnologias.

O que já fizemos
Pesquisa em tecido biológico

O Olabi mantém um grupo de pesquisa em biotecido feito a partir da celulose da kombucha, bebida probiótica obtida a partir de fermentação do chá. O material é produzido utilizando um biofilme rico em bactéria e levedura chamado SCOBY (Symbiotic Colony of Bacteria and Yeast).

O grupo partiu do protocolo criado pela pesquisadora inglesa Suzanne Lee e disponibilizado de forma aberta na internet. Apesar de ser uma tecnologia ainda incipiente, a partir de oficinas e atividades mão na massa ligadas ao tema, trabalhamos questões ligadas ao futuro da produção têxtil, o impacto tecnológico da cadeia produtiva e da atual forma de produção dos produtos que consumimos.
 
Já passamos por Re:publica Festival (Berlim, Alemanha), Museu do Amanhã (Rio de Janeiro, Brasil), Instituto Nacional de Tecnologia (Rio de Janeiro, Brasil), Olabi Botafogo (Rio de Janeiro, Brasil), Olabi Cantagalo (Rio de Janeiro, Brasil).

O que já fizemos
Wearable as Manifest

Em contextos em que a intolerância cresce e a sensação de impotência aumenta, é preciso encontrar uma forma de mostrar a sua opinião. É preciso reinventar o modo como nos comunicamos.

Nós, do Olabi, acreditamos que com amor podemos estimular a empatia e trazer pontos de vista que promovam igualdade. Nós acreditamos que as mais diversas vozes precisam ser ouvidas. E, para isso, propomos usar ferramentas e tecnologias simples que tenham o poder de transmitir a sua mensagem.

O projeto se traduz em oficinas desenhadas para eventos de grande público, nas quais o público trabalha com a personalização de objetos, de forma a casar seu potencial de expressão com o uso de determinadas ferramentas.

Por onde já passamos: Re:publica Festival (Berlim, Alemanha), um dos eventos mais importantes da sociedade digital europeia, em Berlim; MecaInhotim (Inhotim, Brasil), uma das plataformas culturais mais potentes do nosso país.